Audiência em Petrolina mostra amplitude da luta contra privatização

0
36

Parlamentares, representantes públicos, dirigentes sindicais, trabalhadores e sociedade civil organizada do Nordeste reafirmam defesa da Chesf e do Rio São Francisco contra amaça de privatização

Mais um importante evento marcou a luta dos nordestinos contra a tentativa de privatização da Eletrobras/Chesf. Com a disposição cada dia mais intensa, os chesfianos lotaram as galerias da Câmara Municipal de Petrolina, nesta quinta, 14, e entoaram em alto e bom tom “que se mexer com a Chesf, viramos Carranca”. A audiência reuniu parlamentares dos diversos partidos, dirigentes sindicais e de movimentos populares, além da Frune, CNU e dos sindicatos filiados.

Apesar de convidados antecipadamente para debater os impactos da privatização da Companhia, os representantes do Governo e do Ministério de Minas e Energia preferiram a omissão, mostrando que a ideia é mesmo evitar qualquer debate nesse sentido. Para a Frune, isso prova que a privatização tem o caráter entreguista, já que o Governo se omite de debater o assunto com a sociedade.

Se o governo se esconde, a categoria eletricitária e os representantes da sociedade mostram que estão cada dia mais empenhados em barrar a venda da Chesf. A audiência de Petrolina aglutinou delegações de chesfianos da Bahia (Sobradinho, Paulo Afonso e Salvador) do Piauí, além de trabalhadores e parlamentares municipais e representantes dos prefeitos de Sobradinho, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Uricuri, Belém de São Francisco e Juazeiro/Ba, entidades como Senge Pe, MAB, CUT, Fetap, Instituto Ilumina e Rurais de Sobradinho.

A Frente Parlamentar contra a Privatização (Nacional e Regional) foi representada pelo seu presidente, Lucas Ramos (PSB/Pe) e o Senador Humberto Costa, através do seu representante, Dudu Suplício. Participaram também do encontro os deputados Rodrigo Novaes (PSD/PE), o deputado estadual Odacy Amorim (PT/PE), Zó (PCdoB/BA), os vereadores Gilmar Santos (PT), Cristina Costa (PT), Domingos de Cristália (PSL), Osinaldo Souza (PTB) e Paulo Valgueiro (PMDB), além de diversas lideranças e populares. O presidente da CNU, Paulo de Tarso, da Frune, Raimundo Lucena, o representante dos Urbanitários do Piauí Hebert Marinho, o presidente do Sindurb/Pe ,Barbosinha e do Senge/Pe, Cleiton Ferraz, representaram as entidades no evento.

É TRAIDOR!

Ministro de golpista é vergonha do povo nordestino

Além de um debate qualificado, os participantes do evento não pouparam o Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, de protestos sob rótulo de traidor, já que ele é filho da região. O Ministro mostra total desprezo pelo prejuízo que a venda da Chesf vai provocar em todo nordeste. As últimas declarações inclusive menosprezam toda história da Companhia ao logo de quase 70 anos.

Na opinião da Vereadora Cristina Costa (PT/Pe), que propôs a Audiência, “Isso representa um sinal do pouco compromisso que o ministro tem com os interesses coletivos do povo pernambucano e do nordeste”.

A vereadora também lamentou a ausência dos vereadores ligados ao Prefeito da cidade, que orientou os aliados a não participarem da audiência. Na avaliação da Frune, o evento de Petrolina provou que a sociedade civil organizada está disposta a resistir na luta para evitar a Privatização da Chesf.

O futuro do povo nordestino, sobretudo dos que serão atingidos diretamente pela venda da empresa e do rio São Francisco será catastrófico. A proposta é um dos ataques mais cruéis a nossa região e, em particular, aos destinos do rio São Francisco. Por isso, não haverá trégua nesta luta!

Escreva seu comentário